Palestrantes

Andreza Viana Neri

Bióloga pela Unimontes e possui Mestrado e Doutorado em Botânica pela Universidade Federal de Viçosa.

Atualmente é Professora e pesquisadora do Laboratório de Ecologia e Evolução de Plantas, localizada no Departamento de Biologia Vegetal da Universidade Federal de Viçosa, e participa da comissão coordenadora do Programa de Pós-Gradução em Botânica onde também supervisiona estudantes de Pós-Graduação e ministra diferentes disciplinas.

A pesquisadora dedica seus estudos nas áreas da Ecologia e da conservação da biodiversidade, com foco particular na influência de fatores climáticos, atributos do solo e relevo na distribuição de plantas, bem como dos traços funcionais e estoque de carbono em vegetações tropicais frente às mudanças globais.

 

Carla Ferreira Rezende

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e doutora em Ecologia pela UFRJ. Atualmente é Professora Associada III da Universidade Federal do Ceará, líder do Grupo de pesquisa do CNPQ Ecologia de Ecossistema Aquáticos e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Recursos Naturais.

A professora dedica seus estudos nas áreas da Ecologia Aquática e Biogeoquímica, com foco em pesquisas que envolvam Ecologia de Comunidades, Ecologia Trófica, História de Vida e Estequiometria Ecológica em Rios Intermitentes e Manguezais.

Fábio Soares de Oliveira

Geógrafo pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e possui mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela mesma instituição e doutorado em Ciências Naturais (Geologia Ambiental) pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).Atualmente é professor do Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e coordenador do Curso de Especialização em Geoprocessamento, Levantamento e Interpretação de Solos, curso este oferecido em consórcio entre a UFMG, UFV, UFRRJ e UFRA. Além disso, atua como subcoordenador do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFMG.

O professor dedica seus esforços às pesquisas nos campos da Pedologia, Relação Solo-paisagem-atividades antrópicas, Geomorfologia e Geoarqueologia, com foco nas áreas de montanhas e norte de Minas Gerais, ilhas oceânicas, Antártica e Amazônia.

Hugo Mantilla Meluk Ceam

Biólogo pela Universidade Nacional da Colômbia e doutor com honras em dois programas de doutorado: i) Evolução Sistemática e ii) Geografia e Ciências da Terra, na Universidade Tecnológica do Texas, EUA.

Atualmente é professor e pesquisador do Programa de Biologia da Universidade do Quindío, onde é Curador da Coleção de Mamíferos e diretor do Centro de Estudos de Alta Montanha. Além disso, é fundador, presidente e vice-presidente da Sociedade Colombiana de Mastozoologia, e atual vice-presidente reeleito da Associação Colombiana de Zoologia.

É responsável pelo assessoramento aos Ministérios de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; Ciência, Tecnologia e Inovação; Educação; e Minas e Energia; o Departamento de Planejamento Nacional; a Procuradoria Geral da Nação, o Instituto Humboldt; o Sistema de Parques Nacionais Naturais; e várias corporações.

Seu trabalho tem contribuído para a compreensão e conservação da biota na Colômbia, sendo gestor de projetos de convergência entre a academia, a institucionalidade e a comunidade.

Marcelo Massaharu Araki

Engenheiro agrônomo pela UFMG e especialista em avaliação e recuperação de áreas degradadas pela UniBh.

Atualmente é Analista ambiental do IEF e professor do Curso de Arborização e paisagismo na UFV, Campus Florestal.

Além disso, é coordenador estadual do projeto Conexão Mata Atlântica, e coordenador dos projetos
meta 2014, FHIDRO 160 e 161, SOS São Francisco e projeto ProMata.

 

Marcelo Zanella

Agrônomo pela Universidade Federal de Santa Catarina e atua como agente técnico de formação superior da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI). Além disso, coordena o projeto de olericultura na Gerência Regional da EPAGRI em Florianópolis.

O agente técnico dedica seus estudos na construção e desenvolvimento do Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH) como estratégia de transição para produção de alimentos com bases ecológicas.

 

Marcos Heil Costa

Engenheiro agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e possui Ph.D. em Climatologia pela Universidade de Wisconsin-Madison, localizada nos Estados Unidos.

Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Viçosa e bolsista 1B do CNPq. Além disso, atua como membro do Grupo de Trabalho I (WG1) do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), do Science Panel for the Amazon, coordenado pelo United Nations Sustainable Development Solutions Network, e membro do Comitê Assessor em Ciências Ambientais do CNPq.

Marcos Heil dedica seus estudos na área de Climatologia, com ênfase no uso da terra, ciclo do carbono, água e agricultura no Brasil Central e Amazônia. Sua pesquisa foca no uso de vários tipos de modelos ambientais, sensoriamento remoto e dados de campo para estudar as relações entre mudanças climáticas, mudança de uso da terra e o clima, recursos hídricos, agricultura e ecossistemas naturais.

Mônica Alves Amorim

 Mônica Amorim é Economista pela UFC e doutora em Políticas Públicas Comparadas pela UFRRJ.
 
Atualmente é professora da Universidade Federal do Ceará e dedica seus estudos na área de Economia, com ênfase em Crescimento e Desenvolvimento Econômico, Planejamento Econômico Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento local/territorial, sistemas produtivos locais, políticas de desenvolvimento, industrial e de inovação, e Nova Economia.
 
 

Renato Linhares de Assis

Renato Linhares é engenheiro agrônomo pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), possui mestrado em Agronomia pela mesma instituição e realizou seu doutorado em Economia Aplicada na Universidade Estadual de Campinas.

Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), junto ao Centro Nacional de Pesquisa de Agrobiologia, e professor do programa de mestrado de Agricultura Orgânica, bem como do programa de doutorado binacional em Ciência, Tecnologia e Inovação em Agropecuária.

Renato Linhares dedica seus esforços às pesquisas na área de Agroecologia, com ênfase em Desenvolvimento Rural, e atua principalmente com os seguintes temas: Ambientes de montanha, agricultura familiar, agricultura orgânica, processos participativos de construção de conhecimentos, avaliação da sustentabilidade agrícola e políticas públicas.

Yuri Jacques Agra Bezerra da Silva

Yuri Jacques é engenheiro agrônomo pela Universidade Federal Tural de Pernambuco (UFRPE) e possui mestrado e doutorado em Ciência do Solo pela mesma instituição.

Realizou parte do doutorado na Texas A&M University, nos Estados Unidos, e é pós – doutorando pela Universidade Paris Saclay, localizada na França!

Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e professor permanente do Programa de Pós Graduação em Ciências Agrárias da UFPI e de Ciência do Solo na UFRPE.

Yuri Jacques dedica seus esforços às pesquisas nas áreas da Agronomia e Engenharia Agrícola e Ambiental, com ênfase em Manejo e Conservação do Solo e da Água